Hipotireoidismo: Tratamentos Naturais, Sintomas e Causas – Tem cura?

O hipotireoidismo é uma doença muito popular pelo mundo. Essa doença é causada pelo mal funcionamento da tireoide, uma glândula do corpo humano que fica na altura da garganta e que é muito importante para o bom funcionamento de nosso organismo. O hipotireoidismo se da por conta da queda na produção dos hormônios produzidos por essa glândula. Mas afinal, essa doença tem tratamento para cura? Quais os sintomas e causas? Você irá saber tudo nesse artigo completo!

hipotiroidismo

 

Conteúdo

  1. Sintomas
  2. Causas
  3. Diagnóstico
  4. Tratamentos
  5. Dietas e Alimentos

 

O que é hipotireoidismo?

O hipotireoidismo é uma doença na qual a glândula tireoide não produz  a quantidade suficiente de hormônio da tireoide.

A glândula tireoide é uma glândula endócrina em aparência de borboleta que está normalmente localizada na parte de baixo do pescoço. Um das principais funções da tireoide é produzir um hormônio que ajuda o organismo a usar a energia, a permanecer o calor e manter o cérebro, o coração, os músculos e outros órgãos funcionando como deveriam.

11 Sintomas do hipotireoidismo

O hipotireoidismo perturba o equilíbrio normal das reações químicas em seu corpo. Raramente causa sintomas nos estágios iniciais, mas ao longo do tempo, o hipotireoidismo não tratado pode causar uma série de problemas de saúde, como obesidade, dor nas articulações, infertilidade e doença cardíaca.

Os sinais e sintomas do hipotireoidismo variam de pessoa a pessoa, dependendo da gravidade da deficiência hormonal no organismo. De forma geral, os sintomas apresentados aparecem lentamente, muitas vezes ao longo de vários anos e, em alguns casos, não são notados pelas pessoas durante toda a vida. Abaixo apresentamos os principais sintomas da doença:

  1. Fadiga e sono a todo momento
  2. Prisão de ventre
  3. Pele seca e queda de cabelo
  4. Ganho de peso inexplicado ou inchaço no corpo
  5. Voz “pastosa”, como se a pessoa estivesse topada e Rouquidão
  6. Nível elevado de colesterol no sangue
  7. Dores e fraqueza muscular, rigidez ou inchaço nas articulações
  8. Períodos menstruais mais pesados ​​do que normais ou irregulares
  9. Frequência cardíaca mais lenta
  10. Baixo humor ou depressão
  11. Má Memória

 

Causas do hipotireoidismo

As principais causas da doença são:

  • Doença da tiroide (a causa mais comum). Este é um processo autodestrutivo em que o sistema imunológico do corpo ataca as células da tireoide como se fossem células estranhas. A forma mais comum é conhecida como “tireoidite de Hashimoto
  • Tratamento de iodo radioativo, ou cirurgia, para corrigir hipertireoidismo ou para tratar câncer de tireoide
  • Medicamentos antitireoidianos
  • Medicamentos como o lítio (para transtornos mentais) e amiodarona (para problemas cardíacos particulares)
  • Alguns medicamentos com alto nível de iodo, contra a tosse.
  • Um mau funcionamento da glândula pituitária
  • Radiação para câncer de cabeça e pescoço

Pessoas que já tiveram algum dos diagnósticos seguintes poderão ter maior chance de ter hipotireoidismo:  intolerância ao glúten, Bócio, Diabetes Tipo 1, Doenças autoimunes, Doença de Crohn, Esclerose múltipla (MS) e Níveis elevados de colesterol.

Agora confira os principais tratamentos para hipotireoidismo.

 

Tratamentos para hipotireoidismo

Embora não tenha cura, é fundamental buscar um tratamento para hipotireoidismo para que você consiga controlar e ter uma vida saudável. O tratamento para hipotireoidismo envolve o uso diário do hormônio tireoidiano sintético levotiroxina. Esta medicação oral restaura os níveis hormonais adequados, reverte os sinais e sintomas do hipotireoidismo.

Quantidades excessivas do hormônio podem causar efeitos colaterais, tais como aumento do apetite, insônia e palpitações cardíacas.

Uma a duas semanas após o início do tratamento, você notará que está se sentindo menos cansado. A medicação também diminui gradualmente os níveis de colesterol elevados pela doença e pode reverter qualquer ganho de peso.

O tratamento para hipotireoidismo com levotiroxina geralmente ocorre ao longo da vida da pessoa diagnosticada, mas a quantidade da dosagem poderá mudar ao longo da vida. É recomendável a medicação nível de TSH a cada ano, além do acompanhamento médico constante.

Além de buscar tratamento para hipotireoidismo, é fundamental buscar uma vida saudável.

 

tratamento-para-hipotireoidismo
Diagnóstico e Tratamentos para hipotireoidismo

Como a doença é diagnosticada?

O diagnóstico do hipotireoidismo um exame físico e exames de sangue. Um exame sanguíneo da função da tireoide é um processo fácil e precisa de apurar se sua glândula tireoidiana está funcionando corretamente.

A tireoide pouco ativa é tipicamente associada a um estado de hormônio estimulante da tireoide (TSH) acima do trecho de referência e um nível de tiroxina (FT4) inferior ao intervalo de referência. É plausível ter um teste para os anticorpos da tireoide para afirmar que a causa é auto-imune.

Outros fatores, como doenças comuns que podem adulterar temporariamente as leituras de exames de sangue, devem ser descartados. Alguns remédios – prescritos e sem prescrição médica – podem atingir os resultados, por isso é considerável inteirar seu médico a cerca de qualquer remédio que você está tomando.

 

Dieta e alimentos para hipotireoidismo

Além de seguir um tratamento para hipotireoidismo, é fundamental seguir uma dieta adequada para quem apresenta essa condição de  saúde. Abaixo algumas dicas:

Salmão: O Omega-3 são conhecidos por diminuir a inflamação, ajudar com a imunidade e diminuir o risco de doença cardíaca.

Castanhas e nozes: As nozes são uma ótima fonte de selênio. Castanha do Pará, nozes de macadâmia e avelãs são particularmente altas em selênio, o que ajuda a função da tireoide de forma adequada.

Aveia e cereais: A constipação é um sintoma comum de hipotireoidismo. Alimentos integrais como cereais, pão, macarrão e arroz são ricos em nutrientes além da fibra.

Iodo (lugol): O iodo é um elemento traço essencial que todos os organismos vivos precisam. Ovos, leite de vaca e sal iodado são ótimas fontes alimentares de iodo. Nossa glândula tireoide exige que o iodo produza hormônios tireoidianos. Por essa razão, uma deficiência de iodo pode levar a uma tireoide insuficiente.

Alimentos a evitar:

A soja é carregada de fitoestrógeno vegetal e alguns pesquisadores acreditam que muita soja pode carregar o risco de hipotireoidismo de uma pessoa.

As pessoas com hipotireoidismo podem supor pensar minimizar o consumo de glúten. O glúten pode indispor o intestino delgado e pode dificultar a sucção da tratamento de reposição do hormônio da tireoide.

Alimentação saudável

Existem inúmeras vitaminas e minerais são recomendados para prevenir a decadência função tireoidiana – iodo, um oligoelemento substancial presente na glândula tireoide, sendo o mais reconhecido.

O sal da mesa iodado geralmente contribui com o iodo satisfatório para a dieta para deixar o bócio, um inchaço da glândula tireoide visível e associado ao hipotireoidismo. No entanto, pode não ser suficiente para contestar outros efeitos da baixa função tireoidiana.

O iodo pode estar disponível em alimentos cultivados na terra, mas porque a porção varia consideravelmente dependendo dos minerais no solo, o marisco é uma fonte mais confiável. Uma quantidade significativa de iodo é encontrada na alga, mas quantidades excessivas podem arremeter o hipotireoidismo, então a moderação é a chave.

Atividades Físicas

Uma pessoa com hipotiroidismo não é incapaz de realizar diversos esportes e atividades físicas. Logicamente, com o acompanhamento médico e de um profissional, qualquer pessoa pode conquistar grandes resultados nos esportes.

Os atletas, deverão ter um acompanhamento mais de perto. O hipotireoidismo foi o principal motivo dado pelo atacante Ronaldo para o encerramento de sua carreira de jogador, mas isso não é algo geral para todos atletas, que poderão seguir com suas carreiras com o acompanhamento profissional.

É importante entender as regras do esporte realizado, visto que muitos poderão ter análises anti-dopping, como por exemplo esportes de luta e até mesmo as regras do futsal profissional.

 

Diferença entre hipotireoidismo e hipertireoidismo

O hipotireoidismo causa sintomas como metabolismo lento, canseira e aumento de peso. Ter uma tireoide inferior pode diminuir suas funções corporais.

Com o hipertireoidismo, você pode encontrar-se com mais energia, em oposição a menos. Você pode experimentar perda de peso em oposição ao ganho de peso. E você pode se sentir impaciente em vez de deprimido.

Busque o tratamento para hipotireoidismo correto e não se preocupe, você terá uma vida super saudável.

diferença entre hipotireoidismo e hipertireoidismo

fontes de pesquisa em inglês:
everyday | niddkthyroid.org